Lista de verificação de segurança no local de trabalho: melhores práticas e 5 erros a evitar

Tabela de Conteúdos

Uma lista de verificação de segurança no local de trabalho é uma ferramenta usada por oficiais de segurança para inspecionar ambientes de trabalho de escritório para identificar condições inseguras e práticas de trabalho que podem causar lesões. Este tipo de listas de verificação também podem ajudar as organizações a aplicar as melhores práticas mais recentes para situações ou mudanças no local de trabalho que afetam vidas e meios de subsistência. 

Cada local de trabalho e indústria tem seu próprio conjunto de perigos, e os profissionais de saúde e segurança devem ser capazes de identificar quais listas de verificação são apropriadas para locais de trabalho e processos específicos para garantir que atendam aos padrões de segurança. As listas de verificação de segurança podem ser úteis na identificação de perigos potenciais no local de trabalho e na prevenção de incidentes, lesões e doenças relacionadas ao trabalho.

Por que é importante ter uma lista de verificação de segurança no local de trabalho?

A segurança no local de trabalho é muito importante para qualquer indústria porque todos os trabalhadores desejam e merecem trabalhar em um ambiente seguro e protegido. Todas as indústrias apresentam riscos de segurança, mas ao implementar os cuidados necessários, as empresas podem garantir a condição de segurança de seus trabalhadores em todo momento.

Uma lista de verificação é uma lista padronizada de certas etapas específicas que geralmente é desenvolvida para tarefas repetitivas. Oferece vários benefícios. Aqui, listamos alguns:

Identifica e evita problemas futuras

Os controles e inspeções de segurança vão te ajudar a identificar problemas potenciais que precisam ser corrigidos antes que se tornem grandes problemas que podem custar caro à empresa. É fundamental ter tempo para avaliar quais problemas e perigos potenciais podem ocorrer no local de trabalho. Reserve um tempo para avaliar o que pode ser uma questão importante. Esteja atento quanto aos riscos simples, como escorregões e tropeções, cabos pendentes ou obstáculos que se projetam em um ângulo estranho.

Faz do local de trabalho um lugar seguro

O bem-estar dos clientes e funcionários deve ser a principal preocupação de todo gerente. As inspeções internas são excelentes para garantir as condições de saúde e segurança. As evidências mostram que uma simples lista de verificação pode ajudar a salvar vidas. Também nos permite ser melhores nos cuidados de nossos clientes.

Melhora a comunicação entre departamentos

As listas de verificação permitem que gerentes e supervisores verifiquem as tarefas em tempo real. Quaisquer deficiências serão detectadas durante o preenchimento de uma lista de verificação e comunicadas instantaneamente, sem ligações, mensagens de texto ou tempo gasto no preenchimento de um formulário adicional em papel. 

Se você usar as listas de verificação com segurança e eficiência, todos saberão o que está acontecendo em um determinado momento.

Melhor organização

As listas de verificação podem ajudar os membros da equipe a se manterem mais organizados, garantindo que ninguém pule nenhuma etapa do processo. Todos vão saber o que fazer se ocorrer um incidente.

Crie um círculo de procedimentos de segurança em todos os departamentos

Todos os departamentos devem interagir e verificar se as deficiências relatadas foram tratadas, relatadas e corrigidas. Cada organização deve ter procedimentos para evitar problemas de segurança e lidar com eles de forma eficiente. Desta forma, você preencherá as brechas que foram originadas pela má comunicação, formulários redundantes e erros humanos.

5 erros a evitar ao criar sua lista de verificação de segurança

Ausência de DDS (Diálogo Diário de Segurança) 

O Diálogo Diário de Segurança (DDS) surgiu como uma forma de conscientizar os colaboradores sobre os riscos das atividades realizadas em uma organização e como eles poderiam evitá-los. Esta é uma ferramenta relevante para a proteção e segurança dos trabalhadores, pois é um facilitador da comunicação entre os colaboradores e os seus chefes, com o objetivo de informar os trabalhadores sobre os riscos das atividades desenvolvidas no ambiente de trabalho. O DDS é um grande aliado de empresas e colaboradores, reduzindo o índice de acidentes e aumentando a motivação e produtividade dos colaboradores no ambiente de trabalho. A ausência de DDS pode piorar a comunicação e aumentar o número de incidentes.

Falta de padronização na lista de verificação de segurança

Os padrões e regras definem o alcance, a qualidade e os métodos a serem seguidos. A padronização de processos descreve o estabelecimento de um conjunto de regras que descreve como as pessoas em uma organização devem preencher uma lista de verificação. Se você não padronizar essas regras, não saberá se as informações que obtém são precisas ou não terá conhecimento dos possíveis riscos.

A padronização melhora a clareza, reduz a ambigüidade e as suposições, e a falta de padronização na lista de verificação de segurança pode levar a mais ambigüidade e diminuir a confiabilidade e a qualidade das informações. Os trabalhadores não saberão como preencher as listas de verificação ou quais incidentes precisam ser relatados, e isso pode causar confusão quando surgem problemas ou acidentes.

Desvalorizar a importância das evidências de apoio

As evidências de apoio podem ajudar sua equipe a esclarecer e explicar as causas de qualquer incidente. Isso vai ajudar você e seus funcionários a evitar incidentes semelhantes. A tomada de decisão eficaz em saúde e segurança ocupacional (SSO) exige que esteja a par com tudo o que está acontecendo no local de trabalho. 

Uma ação eficaz para prevenir e reduzir os impactos de lesões e doenças no local de trabalho requer acesso às melhores evidências disponíveis. Uma síntese deve ser baseada em um exame cuidadoso de todas as evidências relevantes disponíveis sobre um tópico de SSO e é mais eficaz do que focar em alguns estudos recentes que podem não ser de qualidade adequada ou podem não ser aplicáveis ​​às configurações diferentes daquelas em questão em que a investigação se baseou.

Falta de atenção ao horário de trabalho

As jornadas de trabalho extensas são um fenômeno comum entre a maioria das organizações e empresas onde a quantidade de tempo gasto no trabalho, que inclui as tarefas principais do trabalho, tarefas relacionadas, deslocamento e viagens, é grande e, de forma direta ou indireta, prejudica a saúde dos trabalhadores.

Os funcionários que trabalham em turnos irregulares, em contraste com aqueles em turnos mais normais e regulares, experimentam mais conflito trabalho-família e mais estresse no trabalho. Ter trabalhadores trabalhando horas extras pode sair pela culatra porque, após um longo período de concentração, qualquer pessoa tende a perder o foco. Se seus trabalhadores não têm tempo para se recuperar, sua atenção e capacidade de se manterem concentrados diminuirão e isso não só afetará sua produtividade, mas também poderá aumentar as taxas de incidentes / acidentes.

Usar ferramentas inadequadas para gerenciar e executar listas de verificação de segurança

O uso de ferramentas inadequadas para preencher e gerenciar listas de verificação pode resultar na não obtenção de informações precisas e na não identificação de condições ou práticas de trabalho inseguras que podem levar a acidentes de trabalho. Antes de selecionar as ferramentas, você deve fazer uma pesquisa para encontrar a mais adequada para o seu setor e características.

Leis e regulamentações de saúde e segurança

Todos os países possuem legislação de saúde e segurança ocupacional, que deve garantir os direitos dos colaboradores a um ambiente de trabalho que controle os riscos à saúde e segurança. Como empregador, você deve proteger sua força de trabalho de lesões ou doenças ocupacionais. Isso inclui seus funcionários, funcionários indiretos ou qualquer membro de sua cadeia de suprimentos que esteja em suas instalações. Deixar de fazer isso não é apenas perigoso, caro e negligente, mas também prejudica o comprometimento dos funcionários e a reputação da empresa.

Dependendo do seu setor, as responsabilidades legais podem se tornar mais específicas, no entanto, mesmo uma empresa em que os trabalhadores não saiam do escritório deve reduzir o risco, sempre que possível, implementando protocolos rudimentares, como treinamento de segurança contra testes elétricos ou de incêndio em um escritório.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) tem um programa especial de saúde ocupacional desde 1950. O Programa de Saúde do Trabalhador, em colaboração com a IL0 e os países, exige a identificação e o controle dos riscos à saúde ocupacional.

A segurança e saúde ocupacional, incluindo a conformidade com os requisitos de SST de acordo com as leis e regulamentações nacionais, é responsabilidade e dever do empregador, que deve mostrar forte liderança e compromisso com as atividades de SST na organização e tomar as medidas necessárias disposições adequadas para o estabelecimento de um sistema de gestão de SST.

Melhores práticas de saúde e segurança

O objetivo principal dos programas de segurança e saúde é prevenir lesões, doenças e mortes no local de trabalho. As melhores práticas são usar uma abordagem proativa para gerenciar a segurança e a saúde no local de trabalho.

Coloque um programa em marcha 

A sua empresa deve ter um programa de segurança e saúde ocupacional com toda a informação relevante, incluindo os programas de formação.

Peça a opinião dos funcionários

Envolva sua equipe nas tarefas desenvolvidas para identificar possíveis defeitos nos equipamentos e de forma a evitar contratempos e acidentes. Esteja você em um ambiente de escritório, em uma fábrica ou em campo, seu ponto de vista pode ser essencial para prevenir acidentes. As reuniões cara a cara com funcionários são sempre a forma mais eficaz de garantir que as mensagens sejam ouvidas e compreendidas.

Crie um manual de saúde e segurança

Depois de coletar o feedback de seus funcionários, crie um manual de referência que servirá como um guia e deve ser revisado e editado de tempos em tempos para mantê-lo atualizado.

Comunique os padrões de segurança da empresa

Certifique-se de que todos conheçam as medidas de proteção e segurança, procedimentos de incêndio, rotas de fuga e outras informações relevantes sobre saúde e segurança.

Forneça treinamentos para informar sobre segurança no trabalho

Certifique-se de que todos os trabalhadores recebam treinamento em saúde e segurança, pois isso pode ajudar a reduzir acidentes e lesões no local de trabalho. Isso também pode proteger a empresa de enfrentar batalhas jurídicas caras com os funcionários, bem como impedir que os funcionários deixem o local de trabalho devido a doenças relacionadas ao trabalho.

Use uma lista de verificação de segurança adequada

Busque ou gere as melhores listas de verificação de identificação de perigos para avaliar a saúde e segurança geral do seu local de trabalho e estabelece controles preventivos para reduzir ou eliminar riscos.

Assuma o controle de suas ordens de serviço

Com a plataforma nº 1 para digitalizar tarefas

Você pode gostar também

Visite-nos e junte-se à Revolução Digital com DataScope

Aprenda a abandonar o papel hoje mesmo!

Sobre o autor

Sandra Melo
Sandra Melo

Compartilhe Em

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Gostou deste artigo?

Assine nosso boletim informativo e enviaremos conteúdo como este diretamente para o seu e-mail, uma vez por mês com todas as novidades.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Digitalize suas
Ordens de Serviço

Elimine a papelada, automatize seus processos e mantenha o controle de seus dados.