Adaptação à mudança, uma habilidade em alta nas organizações

Tabela de Conteúdos

Falar de mudanças atualmente é algo frequente. Em diversos aspectos da vida cotidiana, o conceito se repete uma e outra vez. E ainda que seja fácil expressá-lo, não se torna simples de conviver e muito menos se adaptar às mudanças com facilidade.

Se a levamos para o ambiente empresarial e trabalhista, tanto as organizações como as pessoas têm que encarar a mudança contínua. E em tempos de pandemia, a situação tem sido levada a extremos que imaginávamos, mas que não acreditávamos que poderia acontecer logo.

Diante de tudo isso, os processos de mudança confirmam sua presença constantemente e a capacidade de se adaptar a eles passa a ser uma habilidade muito valorizada e que todos desejam possuir ou cultivar. É possível?

O que significa a adaptação à mudança?

Podemos entender a adaptação à mudança como a habilidade para se transformar e alcançar um determinado objetivo. Em outras palavras, é a capacidade necessária para assumir diversas alterações relacionadas com as rotinas que já estamos acostumados, não oferecer resistência e aceitar fazer as coisas de outra maneira se as circunstâncias assim determinarem.

Ainda que a pandemia do COVID-19 nos levou a um extremo em que a necessidade de mudanças e adaptação a elas se mostra em sua máxima expressão, se trata de uma situação que atualmente se tem convertido em uma rotina. E, como consequência, esta capacidade profissional também tem passado a ser uma constante, apesar de todas as dificuldades que acostumamos ter diante de qualquer mudança que nos seja imposta.

Hoje temos a necessidade de nos acomodar aos tempos globais. Neste contexto, as mudanças são constantes e inesperadas, portanto, a adaptação à mudança é fundamental para a sobrevivência de qualquer organização.

Você pode cultivar a habilidade de se adaptar às mudanças?

Por sorte, sim. A capacidade de adaptação à mudança é uma habilidade que podemos desenvolver e aperfeiçoar em todo o momento.

Para isso, é necessário incorporar alguns hábitos que permitam integrá-la à empresa e à vida profissional.

Considerada entre as habilidades pessoais, hoje muitas empresas valorizam a adaptação à mudança de forma considerável. A visão que se tem é que, ao contar com essa condição, significa que um profissional terá mais facilidades para enfrentar dificuldades ao longo da sua vida profissional.

Como as empresas identificam a adaptação à mudança?

Em um ambiente competitivo que exige profissionais altamente qualificados, as empresas se encarregam de revisar o perfil dos trabalhadores com o objetivo de determinar se contam ou não com as habilidades para se adaptar às mudanças.

Entre as características que buscam, estão:

  • Versatilidade para se acomodar às variações ou mudanças completas de estratégia.
  • Capacidade para resolver problemas diante de mudanças repentinas de regras.
  • Rapidez para compreender e executar novos conhecimentos com alto nível de eficácia.
  • Habilidade para modificar com rapidez uma rotina incorporada, valorizando as consequências positivas ou negativas.
  • Proatividade para exercer ascendência sobre a equipe, no desejo de atingir metas.
  • Resistência para trabalhar sob pressão e estresse, enfrentando e resolvendo conflitos.
  • Resiliência, fortaleza, tolerância e autocontrole.
  • Percepção das mudanças como oportunidades para aprender e crescer profissionalmente.
  • Capacidades comunicacionais como a empatia e o saber ouvir.
  • Habilidades para prever mudanças e se antecipar frente a potenciais problemas.

Quais benefícios as empresas buscam?

As empresas precisam contar com profissionais que se adaptam à mudança por diversas razões. Frente a um panorama mundial cada vez mais dinâmico, já não é suficiente contar com profissionais com expertise somente em suas áreas de formação acadêmica e experiência no campo profissional. Além disso, hoje se exigem habilidades que permitem crescer, se manter vigentes e se projetar em um mercado cada vez mais exigente e competitivo.

Ao contar com estas habilidades para se adaptar às mudanças, os profissionais são valorizados tanto no aspecto profissional quanto no pessoal, tendo acesso a melhores condições para uma melhoria de posição para negociar eventuais melhorias salariais ou outros benefícios. Por sua vez, as empresas se beneficiam de ter trabalhadores capazes de responder melhor a todos os tipos de demandas, sempre visando superar as adversidades e atingir os objetivos propostos.

Uma relação onde todos ganham

Contar com habilidades de adaptação à mudança oferece condições para uma relação de tipo “ganha-ganha”, que gera interesse tanto para as empresas como para os profissionais.

Além disso, as organizações se veem protegidas diante da possibilidade de perder recursos em períodos de indecisão, enfrentando os problemas com pessoal mais capacitado diante dos vai e vem que são gerados. Como consequência, as empresas adquirem a capacidade de responder com mais eficiência a cenários críticos, geralmente imprevistos, e que colocam em risco a operação e os objetivos traçados a priori.

Como melhorar a adaptação à mudança?

Como vimos ao princípio, a habilidade de se adaptar à mudança pode ser cultivada e potencializada. Para isso, se exige identificar sua necessidade e trabalhar para gerar as condições necessárias que permitam o desenvolvimento deste tipo de habilidade, com o fim de proporcionar melhores ferramentas para superar dificuldades na hora de gerenciar e tomar decisões dentro das empresas.

Portanto, é necessário:

·       Identificar e conhecer o novo cenário através da gestão de informações chave que permitem identificar as dinâmicas que se mantêm e as que vão mudar. Mesmo assim, é fundamental ter uma perspectiva da situação em que a concorrência e o mercado de maneira geral se encontram, com o objetivo de ter a maior quantidade de antecedentes possíveis para a tomada de decisões.

·       Realizar uma gestão que considere as mudanças, permitindo visualizar as novas condições e agir de acordo com as mesmas. É fundamental analisar os recursos disponíveis e se adaptar à nova situação

·       Quando se trata de adaptabilidade à mudança, é importante levar em consideração o fator tempo. Boas medidas são tomadas sem se exasperar ou hesitar muito, pois o tempo deve ser visto como um bem precioso que não pode ser desperdiçado.

·       Estabelecer que o aprendizado contínuo e a mudança constante fazem parte da normalidade. Ao incorporar esses conceitos à mentalidade da equipe, torna-se mais difícil que situações complicadas surpreendam a organização sem, pelo menos, uma atitude proativa e positiva diante das mudanças. Cada problema será encarado como um desafio a ser superado com calma e conhecimento.·       A estrutura organizacional deve ser flexível e preparada para mudanças inesperadas. A gestão é essencial para que a capacidade de adaptação às mudanças seja eficaz. Por um lado, é preciso que os profissionais tenham essa capacidade, mas também a organização para que tudo flua conforme o planejado e haja um processo de tomada de decisão, não a improvisação intuitiva.

As vantagens da digitalização

Na era digital, a gestão diante de períodos instáveis e mutáveis desempenha um papel decisivo. A habilidade para se adaptar às mudanças é extremamente relevante, mas contar com ferramentas digitais para apoiar a tomada de decisões e a organização de cada processo envolvido é de grande ajuda para as empresas.

Na medida em que a gestão da informação é realizada com mais precisão, melhores serão os resultados. Em períodos de vai e vem e incertezas, onde são feitas mudanças planejadas e forçadas, a capacidade de saber se adaptar é imprescindível e o trabalho se torna muito melhor assegurado com soluções específicas que permitem tomar decisões com mais rapidez e segurança.

Assuma o controle de suas ordens de serviço

Com a plataforma nº 1 para digitalizar tarefas

Você pode gostar também

Visite-nos e junte-se à Revolução Digital com DataScope

Aprenda a abandonar o papel hoje mesmo!

Sobre o autor

Antonio Frieser
Antonio Frieser

Compartilhe Em

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Gostou deste artigo?

Assine nosso boletim informativo e enviaremos conteúdo como este diretamente para o seu e-mail, uma vez por mês com todas as novidades.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.