O que podemos aprender com o mandato da API de Bezos?

Tabela de Conteúdos

20 anos atrás, quem teria pensado que uma livraria online se tornaria um dos maiores provedores de serviços de hospedagem em nuvem do mundo? Um dia, por volta de 2002, o fundador da Amazon, Jeff Bezos, decidiu que “todas as interfaces de serviço, sem exceção, deveriam ser projetadas desde o início para serem terceirizadas. O que isso significa? Que a equipe deve ser capaz de planejar, projetar e expor as interfaces para desenvolvedores do mundo exterior.

O mandato terminava dizendo: “Quem não fizer isso será demitido. Obrigado; que tenham um lindo dia!”

Segundo a lenda, esse pedido transformou a empresa em um espaço web moderno e formou grande parte da visão moderna sobre APIs e micros serviços.

O mandato

O mandato em questão tornou-se um tanto legendário no espaço de API / micros serviços, pois formou a base para grande parte do paradigma de design de API moderno dentro da visão corporativa.

Em vez de dizer à sua equipe quais tecnologias usar, Bezos definiu apenas o resultado das implantações dos sistemas usados. Essas plataformas tornaram-se uma rede de unidades de negócios integradas por meio do fluxo de dados e informações.

O mandato foi impulsionado pelo custo crescente das equipes na Amazon devido à falta de maneiras consistentes e bem gerenciadas de trocar dados e recursos entre os vários departamentos. Jeff Bezos percebeu que eles precisavam de uma nova abordagem se quisessem que sua empresa fosse mais inovadora e esse impulso teria que vir por meio da tecnologia. O mandato descreveu uma abordagem diferente que exigia que a TI escalasse seus ativos de tecnologia com APIs (serviços terceirizáveis) para que a organização pudesse reutilizar e reaproveitar os ativos de forma independente para gerar resultados de negócios.

 O mandato incluiu as seguintes declarações:

1. Todas as equipes agora irão expor seus dados e funcionalidades por meio de interfaces de serviço.

A primeira parte deste comando é uma solicitação para fornecer funcionalidade por meio de uma interface de serviço. Segundo Bezos, as interfaces vão permitir a transmutação, a interação bidirecional e o uso da informação em outros sistemas.

Para a Amazon, o conceito de fornecer seus dados e funcionalidade por meio de interfaces de serviço, tanto internas quanto externas, foi um grande gerador de receita para usuários externos. Isso também fomentou a colaboração por meio de interfaces e padronização de interações de dados.

2. Os computadores devem se comunicar entre si por meio dessas interfaces.

A comunicação interna dentro de uma grande corporação pode ser um desafio. Este mandato foi sua resposta às equipes que faziam reclamações sobre as dificuldades para integrar funções dentro da organização. O mandato das APIs pode ser imensamente útil para qualquer negócio, pois permitem resolver esses problemas e, ao mesmo tempo, melhorar e facilitar o processo de troca de dados.

3. A única comunicação permitida é por meio de chamadas de interface de serviço na rede.

Depois que a equipe começa a usar a API, eles começam a construir sua interface para adicionar e trocar dados. Se a empresa tivesse uma abordagem padronizada, todos os aspectos dos dados necessários estariam em uma API bem definida e bem documentada. Além disso, quaisquer dados gerados seriam armazenados em um esquema conhecido com formatos de resposta que permitirão aos novos desenvolvedores saber se uma chamada foi bem-sucedida ou não.

4. Nenhuma outra forma de comunicação será permitida: nenhum link direto, nenhuma leitura direta do armazenamento de dados de outro computador, nenhum modelo de memória compartilhada, nenhuma porta dos fundos de qualquer tipo. A única comunicação permitida será por meio de chamadas de interface de serviço pela rede.

As empresas plataforma podem se beneficiar dessa forma de comunicação, que cria valor para cada membro da organização. As APIs fornecem uma maneira fácil de conectar várias partes de um negócio e fornecem a flexibilidade para se adaptar aos requisitos em constante mudança. Além disso, você elimina a duplicação e reduz o tempo de desenvolvimento de software, melhorando assim a produtividade do desenvolvedor e de TI.

5. Não importa qual tecnologia eles usam. HTTP, Corba, Pubsub, protocolos personalizados, não importa.

A tecnologia API vem e vai. A tecnologia de amanhã pode ser fundamentalmente incompatível com a tecnologia de hoje. Sem ter ganchos adicionais, implementações de linguagem ou opções de plataforma cruzada, sua API logo se tornará obsoleta. As APIs têm funções de negócios e devem evoluir junto com os requisitos técnicos e de negócios que as habilitam.

As soluções de tecnologia só podem fazer o que foram criadas para fazer e devem ser projetadas em torno do propósito da organização para garantir consistência e eficiência.

6. Todas as interfaces de serviço, sem exceção, devem ser projetadas desde o início para serem terceirizadas. Ou seja, a equipe deve planejar e projetar para expor a interface a desenvolvedores do mundo externo. Sem exceções.

Um dos problemas centrais de qualquer paradigma de desenvolvimento é atingir o público certo com as ferramentas certas. Consequentemente, no mandato de Bezos, todas as interfaces de serviço tiveram que enfrentar um tipo de usuário externo. Quando uma API é projetada, ela assume uma forma e função específicas ditadas pelas necessidades do desenvolvedor e pelas escolhas do grupo de desenvolvimento, o que significa que a API é projetada para um propósito específico. Ao criar uma API para integração externa, o foco do desenvolvimento muda para desenvolvedores externos que solicitam expansão funcional. Para atender a essas demandas, os desenvolvedores devem criar um software que possa acompanhar as necessidades tecnológicas e de negócios.

Lições que podemos aprender com a gestão de Bezos

O mandato foi a chave para o sucesso da Amazon e delineou uma abordagem diferente para tecnologia e APIs. Ao desenvolver serviços terceirizados de API, a organização pode reutilizar e alavancar ativos para gerar resultados de negócios. A Amazon criou sua própria economia de API interna que os ajudou a mudar a maneira como operam, permitindo que mais funcionários técnicos se conectassem, descobrissem e reutilizassem ativos de TI. O objetivo principal era permitir que os canais de auto atendimento acessassem os dados necessários à realização de todas as tarefas necessárias, como relatórios, criação e modificação de processos, sem gastar muito tempo e esforço. Esse acesso de auto atendimento a dados e recursos permite que os desenvolvedores concluam projetos com mais rapidez, aumentem a eficiência operacional e proporcionem melhores experiências ao cliente.

Listamos aqui algumas lições que podemos aprender com a gestão de Bezos.

Façam com que seus sistemas sejam públicos e reutilizáveis

Ao introduzir primeiro uma cultura de API, Jeff Bezos foi capaz de melhorar a eficiência dentro da organização, garantindo que houvesse uma linguagem universal para a comunicação entre os diferentes departamentos.

Se você deseja que seu negócio seja bem-sucedido, deve ter clareza sobre sua essência: encontre um problema, tente resolvê-lo e ganhe dinheiro resolvendo-o. No caso da Amazon, o cliente teve problemas para fazer sua seleção de produtos e suas variáveis ​​(preço, rapidez e precisão de entrega). Esses eram os principais problemas que a Amazon queria abordar para tornar a seleção fácil, rápida e eficaz.

A Internet redefiniu o impacto e a importância da geografia. No novo mundo, uma loja pode vender seus produtos a qualquer pessoa, independentemente da localização geográfica. Portanto, as empresas inteligentes estão aproveitando esse novo arquétipo com inovação tecnológica e financeira. No caso da Amazon, sua inovação financeira foi reduzir preços e margens.

Motive sua equipe para obter melhores resultados

Motivar sua equipe para obter melhores resultados não é fácil. No entanto, uma vez que seus funcionários são seu recurso mais precioso, é importante saber como incentivá-los e inspirá-los a melhorar seus esforços de trabalho. Motivar seus funcionários não é tão complicado como alguns acreditam. Na verdade, algumas das maneiras pelas quais você motiva sua equipe também irão melhorar outros aspectos de seu negócio.

Seja obstinado e flexível

Segundo Bezos, bons empreendedores devem ser teimosos e flexíveis, “teimosos na visão; flexível nos detalhes”. Bezos pensa: se você não for teimoso, desistirá dos experimentos cedo demais. E se você não for flexível, baterá sua cabeça contra a parede e não verá uma solução diferente para um problema que está tentando resolver.

É um desafio ser teimoso e flexível. Em primeiro lugar, você deve seguir sua visão e ser flexível com suas táticas. Bezos adverte: “O que acontece com inventar é que você tem que ser teimoso e flexível, mais ou menos ao mesmo tempo. A parte difícil é saber quando ser qual”.

A maioria dos empreendedores de sucesso é feita de indivíduos teimosos por natureza. Eles são os líderes naturais que gostam de fazer as coisas à sua maneira. Por outro lado, uma das características que definem o bom empreendedor é a flexibilidade nos detalhes. De qualquer forma, a pessoa que abriu uma empresa por conta própria e agora tem mais de 117.000 funcionários sob sua responsabilidade provavelmente sabe uma ou duas coisas sobre liderança.

Nunca pare de experimentar

Para a maioria dos CEOs, a experimentação é uma obrigação para seus negócios. A questão é como ser inovador e se manter competitivo no mercado? As empresas automotivas criam carros novos com vários conceitos; as empresas alimentícias experimentam novos alimentos e sabores; empresas de varejo experimentam colocação de produtos e atmosfera de loja; E muitas empresas de alto desempenho, como o Google, permitem que seus funcionários experimentem. A experimentação está em toda parte, está sempre acontecendo e é muito necessário se manter à tona no mercado competitivo de hoje.

Na Amazon, a experimentação e a vontade de inventar sempre fizeram parte da cultura.

Conclusões do mandato da API Bezos

A gestão de Bezos foi um marco importante para o desenvolvimento moderno de APIs. As lições ministradas podem ser utilizadas em uma ampla gama de situações, e até mesmo para instâncias não corporativas, e podem ajudar a estruturar a organização das APIs de forma mais eficaz. Desde então, o impacto do API Manifesto se espalhou para a indústria de TI como um todo, de startups a grandes corporações. A ideia de que os sistemas de informação são mais valiosos quando interagem por meio de APIs claramente especificadas e bem suportadas se tornou muito popular e continua a inspirar os empreendedores.

Em sua empresa, o mandato da API pode ser de grande ajuda; no entanto, você deve ter em mente que deve se adaptar ao ambiente e à cultura lá estabelecidos.

Assuma o controle de suas ordens de serviço

Com a plataforma nº 1 para digitalizar tarefas

Você pode gostar também

Visite-nos e junte-se à Revolução Digital com DataScope

Aprenda a abandonar o papel hoje mesmo!

Sobre o autor

Sandra Melo
Sandra Melo

Compartilhe Em

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Gostou deste artigo?

Assine nosso boletim informativo e enviaremos conteúdo como este diretamente para o seu e-mail, uma vez por mês com todas as novidades.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *