Métodos para coleta de dados: é hora de conhecê-los

Tabela de Conteúdos

Ter à mão dados e informações relevantes é essencial para tomar boas decisões nos negócios. Para obter dados precisos e confiáveis, você precisa conhecer métodos de pesquisa adequados a cada necessidade. Neste artigo vamos mostrar alguns ótimos métodos para coletar dados para a sua empresa.

A coleta de dados é a abordagem sistemática para coletar e medir informações de diversas fontes para entender uma área de interesse específica. Nos negócios, é muito importante conhecer a indústria em que você atua, os seus clientes e os seus concorrentes para entender o que cada um está fazendo. Dessa forma, a coleta de dados é essencial para desenvolver produtos valiosos e atraentes e para tomar boas decisões para a empresa. Ter um sistema apropriado para isso é muito útil para coletar e apresentar dados valiosos que te ajudarão a identificar problemas em toda a empresa e a implementar as soluções corretas para cada situação.

Conheça os diferentes métodos de coleta de dados

Existem diferentes métodos de coleta de dados e você deve encontrar o mais adequado para a pesquisa ou levantamento que você deseja fazer. Em primeiro lugar, você precisa decidir se a sua pesquisa será qualitativa, quantitativa ou mista. Ambos os métodos permitirão que você explore o fenômeno que deseja compreender em profundidade.

A pesquisa quantitativa envolve a coleta de dados numéricos. Mas se o seu objetivo não é coletar números, então a sua pesquisa é qualitativa. A pesquisa quantitativa é geralmente usada para obter uma visão mais ampla de fenômenos, observando um grande número de pessoas.

O primeiro passo para realizar uma pesquisa quantitativa é determinar sua amostragem e o seu desenho amostral. As fontes mais comuns de dados quantitativos são as pesquisas, as observações e os dados secundários. As pesquisas podem ser feitas on-line, por telefone ou pessoalmente. As observações podem envolver a observação e o registro de eventos específicos, a contagem do número de vezes que um fenômeno específico ocorre, como, por exemplo, a frequência com que uma determinada palavra é usada em entrevistas ou a codificação de dados observacionais para traduzi-los em números. Já os dados secundários se referem a informações previamente coletadas por outra fonte.

A pesquisa qualitativa é uma pesquisa exploratória usada para compreender razões, opiniões e motivações. Ela também fornece insights sobre uma questão específica e ajuda a desenvolver hipóteses para pesquisas quantitativas em potencial. Os métodos qualitativos de coleta de dados examinam o porquê de uma determinada tomada de decisão.

Qual é o melhor método de coleta de dados?

Não existe um método de coleta de dados “melhor” ou “pior”. Cada um deles tem suas vantagens e desvantagens e a sua escolha deve ser feita dependendo do tipo de dados que você precisa coletar (ou seja, dados qualitativos ou dados quantitativos), com base no que é importante para a sua análise.

Os seguintes métodos de coleta de dados funcionam para pesquisa qualitativa:

– Revisão de documentos.

– Entrevistas em profundidade.

– Métodos de observação.

Os métodos de coleta de dados de pesquisa quantitativa, que tendem a confiar em amostras aleatórias, incluem:

– Pesquisas com perguntas fechadas.

– Ensaios clínicos ou experimentos.

– Extração de dados de sistemas de informação e/ou computacionais.

– Observação, contagem e registro de eventos definidos (por exemplo, a contagem do número de pessoas que entram em um restaurante).

Tipos de métodos de coleta de dados

Vimos que existem diferentes tipos de métodos de coleta de dados. A seleção de um ou dois dependerá das variáveis a serem medidas, da fonte e dos recursos disponíveis para coletá-los.

Alguns dos métodos mais utilizados são as entrevistas. Podemos distinguir entre as entrevistas muito estruturadas, que são geralmente utilizadas para as pesquisas quantitativas, e as menos estruturadas, que são utilizadas para as pesquisas qualitativas. Em uma entrevista bem planejada, você pode fazer uma série de perguntas padrão, enquanto em entrevistas menos estruturadas você poderia fazer perguntas abertas.

As entrevistas podem ser realizadas tanto pessoalmente quanto por telefone. Entrevistas feitas pessoalmente podem ser demoradas e caras, mas têm uma taxa de resposta muito alta. Você pode estabelecer uma relação com o entrevistado e ter a oportunidade de esclarecer as respostas fornecidas.

Entrevistas telefônicas são efetivas em relação ao custo e levam menos tempo do que entrevistas feitas pessoalmente. Entretanto, a taxa de resposta obtida é menor.

Outros tipos de métodos de coleta de dados são o Computer Assisted Personal Interviewing (em português “Entrevista Pessoal Assistida por Computador” – CAPI), que é como uma entrevista realizada pessoalmente, mas em vez de questionários em papel, as respostas são enviadas usando um laptop ou um tablet. Esse método apresenta as mesmas falhas que as entrevistas feitas face a face.

Não podemos deixar de fora dessa análise um dos métodos clássicos de coleta de dados: os questionários em papel, preenchidos à caneta. Esse método tem a vantagem de que os entrevistados tendem a ser mais sinceros com as respostas. No entanto, a taxa de resposta é muito baixa. Uma solução são os questionários feitos pela Internet, que são mais baratos e mais rápidos que os de papel em relação à obtenção da resposta, mas excluem as pessoas que não têm acesso a computadores ou à Internet. Outro problema é que as pessoas tendem a se apressar para terminar de respondê-los e o resultado é que as informações coletadas podem não ser tão confiáveis.

A coleta móvel de dados tem se tornado um método cada vez mais popular. Ao utilizá-lo, você gasta menos tempo coletando e inserindo dados, os erros são significativamente reduzidos e você pode coletar informações valiosas, tais como fotos, vídeos, localização GPS do local de realização da entrevista e muito mais.

Levantamento de dados de pesquisa

Pesquisas são usadas para coletar, de maneira sistemática, informações de uma amostra de indivíduos. Você pode escolher entre pesquisas on-line ou pesquisas móveis. As pesquisas on-line são uma ótima forma de alcançar e engajar o seu público-alvo, pois aumentam as taxas de resposta ao alcançar os entrevistados rapidamente e ao gerar resultados em tempo real, possibilitando uma análise rápida e fácil.

Atualmente, as pesquisas móveis são um método de coleta de dados cada vez mais popular, porque oferecem mecanismos inovadores para efetuar a coleta de dados. Elas podem ser feitas  usando um dispositivo móvel (smartphones e tablets), em qualquer idioma e em qualquer país. As pesquisas móveis são fáceis de gerenciar e mais versáteis do que as pesquisas on-line, pois permitem o envio de imagens, gravação de voz, ou anotação de comentários.

Levando em conta todas essas ponderações sobre os prós e contras de cada método, é importante destacar que não há resposta certa e errada para qual deles você escolhe. Às vezes é necessário usar um único método, seja quantitativo ou qualitativo, e em outros momentos você pode detectar a necessidade utilizar os dois. Tudo depende da análise que você desejar levar adiante em sua empresa.


DataScope é uma plataforma que permite a várias indústrias simplificar, organizar e avaliar o trabalho em campo, graças aos seus formulários on-line que fornecem indicadores em tempo real, 100% adaptáveis a qualquer necessidade.

Assuma o controle de suas ordens de serviço

Com a plataforma nº 1 para digitalizar tarefas

Você pode gostar também

Visite-nos e junte-se à Revolução Digital com DataScope

Aprenda a abandonar o papel hoje mesmo!

Sobre o autor

DataScope
DataScope

Compartilhe Em

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Gostou deste artigo?

Assine nosso boletim informativo e enviaremos conteúdo como este diretamente para o seu e-mail, uma vez por mês com todas as novidades.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.