6 aplicativos que ajudam no trabalho de avaliação de danos em desastres naturais

Tabela de Conteúdos

Neste momento, os Estados Unidos e o Caribe estão passando por uma devastadora temporada de furacões, com ventos tão intensos que causaram a destruição de infraestrutura, grandes apagões de energia e perda de vidas humanas em diferentes países da região. Ao passar por Miami, o furacão Irma se transformou na primeira tempestade na história que manteve ventos de 298 quilômetros por hora durante 37 horas seguidas. Antes de Irma, o furacão Harvey tinha batido um recorde, ao se tornar a mais chuvosa tempestade na parte continental dos Estados Unidos, deixando grande parte do Texas alagada. Depois do Irma, os furacões Jose e Katia também chegarão, em uma corrente de tempestades, uma após a outra.

Os primeiros alertas ajudaram a maioria da população afetada a buscar abrigo. A principal preocupação é, portanto, a destruição material de edifícios e casas. De fato, especialistas em avaliação de danos do Centro Alemão de Gestão de Desastres e Tecnologia de Redução de Riscos, em Karlsruhe, afirmaram que o furacão Irma causou cerca de 10 bilhões de dólares em danos ao derrubar casas e destruir a infraestrutura em locais como Saint Martin, as Ilhas Virgens e Antígua e Barbuda, tornando-se o furacão mais devastador em termos de danos materiais nessa região. Nos Estados Unidos, de acordo com a CNN, o chefe de gerenciamento de emergências do país está alertando que mais de 5 milhões de moradores poderiam ficar sem energia, em alguns casos por semanas.

Quando o furacão Irma entrar na Flórida, a ABC News aponta que os meteorologistas da National Oceanic and Atmospheric Administration estão prevendo que a probabilidade de uma estação de chuvas acima do normal é de mais de 60%, devido a várias condições atmosféricas, incluindo o aumento da temperatura do Oceano Atlântico em 1 ou 2 graus.

Apps para avaliação de danos

Uma vez que essas terríveis tempestades tenham passado, a prioridade para governos e empresas deve ser uma avaliação de danos rápida e eficiente. Dada a falta de energia, os smartphones – se usados eficientemente – podem ser ferramentas poderosas durante as primeiras horas da emergência para conduzir a avaliação de danos em áreas atingidas e, mais uma vez, isso é comprovado pela forma como a população afetada usa seus smartphones.

Em um artigo anterior, apresentamos um novo conjunto de funções lideradas pelo Google e pela Apple para melhorar a administração de emergências e acidentes. De maneira semelhante, autoridades, equipes de resgate e voluntários estão recorrendo a aplicativos para ajudar nas operações de resgate e realizar uma avaliação de danos necessária após esses desastres. Em seguida, graças a As Chile, mostraremos os 6 principais aplicativos em uso desde o furacão Harvey nos EUA, para ajudar as vítimas, e para implementar uma avaliação de danos real e eficaz:

Zello

Este aplicativo permite transformar um smartphone ou tablet em um walkie-talkie graças à sua função “pressione para falar”. A praticidade de conversar com seus contatos em particular ou de participar de canais públicos está ajudando as equipes de resgate a falar rapidamente com aqueles que precisam de ajuda ao chegar a alguma das áreas afetadas. Esses aplicativos também se tornaram um elemento chave para saber quais estradas estão fechadas e onde estão localizados os abrigos, onde voluntários adicionais são necessários, dentre outras funções.

Glympse

Esse aplicativo oferece uma maneira rápida, simples e gratuita de compartilhar sua localização em tempo real com a sua família, amigos ou colegas de trabalho via GPS. Ele permite que você envie um Glympse para que seus amigos ou familiares saibam se você está a caminho. Você também pode solicitar um Glympse ou criar um grupo Glympse para atender aos seus contatos. A melhor parte é que as pessoas com as quais você compartilha um Glympse podem vê-lo em qualquer dispositivo com um navegador da web, sem necessidade de registro, e é por isso que está sendo muito usado em Houston para que as pessoas estejam cientes da localização de barcos salva-vidas, por exemplo.

Snapchat

Graças ao seu alcance, base de usuários e intantaneidade, o Snapchat se tornou uma fonte de informações imediatas para saber quais são os efeitos do furacão, ainda mais rápido que o Twitter. A função Snap Maps está ajudando muitas pessoas a acompanharem o Harvey nas diferentes áreas de Houston, além de mostrar ao mundo a verdadeira devastação que causou.

Google Maps

Uma das ferramentas mais usadas no dia a dia, o Google Maps se tornou uma peça essencial para as operações de resgate saberem em tempo real quem precisa ser resgatado. Cada pessoa em uma situação perigosa pode preencher uma solicitação no Google para incluir sua localização no mapa.

Pawboost

As pessoas vêm em primeiro lugar, mas os animais são sempre esquecidos durante catástrofes, pois a maioria dos abrigos não aceita animais de estimação e a vítima deve deixá-los para trás ou ficar do lado de fora do abrigo com eles. O Pawboost é um aplicativo criado graças ao apoio das pessoas que estão trabalhando no site Weather.com para ajudar os animais de estimação a se reunirem com seus proprietários perdidos, por causa do furacão Harvey.

DataScope

Quando desastres e emergências ocorrem, um passo fundamental para começar a superar a tragédia e definir planos de ação para ajudar as pessoas afetadas é a avaliação dos danos. O DataScope, uma ferramenta de coleta de dados, que opera na área afetada por funcionar off-line, é a melhor plataforma para avaliação de danos, graças aos seus formulários móveis 100% editáveis, que se adaptam para atender a qualquer necessidade. Com o seu smartphone à mão, você só precisa baixar o aplicativo e editar os campos do formulário, e então você pode levar o seu smartphone para o campo e começar a enviar as informações em tempo real para outros dispositivos ou para um escritório central, onde é possível se reunir e analisar os dados em questão de minutos.

A praticidade desses formulários para celular, que substituem os formulários em papel, é que eles não exigem conectividade. Caso não haja sinal de Internet, todos os dados são armazenados off-line, o que evita sua perda.

Como se isso não bastasse, cada formulário permite adicionar dados críticos, como o momento em que os dados foram coletados, as imagens e a localização do GPS na área afetada, para tornar a avaliação de danos consideravelmente mais detalhada.

No futuro, os aplicativos se tornarão ferramentas ainda mais essenciais em caso de catástrofes ou desastres. É por isso que você precisa manter seu smartphone à mão caso algo aconteça!

Você pode querer ler: Como inovar o gerenciamento de segurança da sua empresa

datascope-logo-mydatascope.com

DataScope é uma plataforma que permite a várias indústrias simplificar, organizar e avaliar o trabalho em campo, graças aos seus formulários on-line que fornecem indicadores em tempo real, 100% adaptáveis a qualquer necessidade.

Assuma o controle de suas ordens de serviço

Com a plataforma nº 1 para digitalizar tarefas

Você pode gostar também

Visite-nos e junte-se à Revolução Digital com DataScope

Aprenda a abandonar o papel hoje mesmo!

Sobre o autor

DataScope
DataScope

Compartilhe Em

Gostou deste artigo?

Assine nosso boletim informativo e enviaremos conteúdo como este diretamente para o seu e-mail, uma vez por mês com todas as novidades.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *